WhatsApp

Blog - SOMA Suzuki

7 dicas de pilotagem off-road 4x4

02/01/2020

O seu sonho é ingressar no universo dos trilheiros? Ótimo! Então você, como a gente, adora a terra batida, a trepidação que gera adrenalina e prazer, o contato com a natureza, enfim, as emoções que só o off-road proporciona.

Mas para enfrentar tudo isso, não bastam vontade e vocação. Antes é necessário ter noções básicas de condução fora de estrada, bem como conhecimento sobre a dinâmica das trilhas.

Isso evita surpresas desagradáveis no meio do caminho, além de garantir uma experiência nas trilhas mais segura para quem é iniciante nesse tipo de aventura.

Atenção, portanto, para as sete dicas básicas sobre o fora de estrada que serão dadas a seguir e que te auxiliarão a ter uma experiência incrível em trilha.



1 – Faça revisão do carro antes de encarar o off-road

Esta dica é básica e, convenhamos, vale, de modo geral, para todos os motoristas que pegam estrada – convencionais ou off-road: faça a revisão do seu veículo antes de enfrentar longos ou desafiadores caminhos.

Atente-se para a situação dos freios, pneus e embreagem. Cheque os níveis de água e óleo. Verifique as condições do motor.

Aproveite também para equipar o veículo com itens importantes, como kit de primeiros socorros, repelente, protetor solar, agasalhos, água e alimentos para o período em que permanecerá em trilha.

2 – Leve alguns instrumentos essenciais

Não raramente, enveredar-se por trilhas proporciona situações que, embora relativamente comuns, estão fora do script. Por exemplo: atolamentos, panes elétricas, pneus furados e por aí vai.

Para lidar com esses imprevistos, vale a pena ter no carro os seguintes equipamentos: cabo para ligação direta (para a popular “chupeta”), bomba para calibrar pneus, pás pequenas, lanterna, capa de chuva, luvas, facão, machado, cinta ou corda para reboque, prancha de desatolagem (se possível) e spray reparador de pneus.

3 – Saiba usar a tração 4x4

Uma dificuldade recorrente dos iniciantes em trilhas é quanto à forma e ao momento correto de utilizar a tração nas quatro rodas.

Sempre que, fora de estrada, você se deparar com terrenos de baixa aderência (lama, areia, pisos molhados...) é importante utilizar a tração 4x4.

Caso o seu veículo possua tração integral permanente, o próprio sistema fará todo o trabalho sozinho, não sendo necessário qualquer acionamento manual, já que ele mesmo identifica o momento em que é preciso acionar as rodas traseiras.

Por outro lado, nos modelos em que a tração 4x4 é ligada por uma alavanca ou botão, o motorista só deve acionar o sistema quando realmente necessário. Assim, evitam-se o consumo excessivo de combustível e o desgaste de peças.

4 – Atenção ao transpor áreas alagadas

Um cuidado fundamental que todo trilheiro deve ter é o de, antes de transpor um rio ou área alagada, descer primeiro do carro e verificar a profundidade da água com um pedaço de pau, bem como o tipo de piso e se há correnteza.

Isso evita surpresas desagradáveis e até mesmo acidentes graves. Depois de verificar tudo, engate a tração reduzida e passe devagar pela área alagada, seguindo um ritmo constante, para não formar ondas na água.

5 – Cuidado com descidas e subidas acentuadas

Lembre-se sempre: em subidas e descidas íngremes, engatar a tração reduzida é a escolha certa. Afinal, na subida, ela garante força para o carro alcançar o topo, enquanto, na descida, mantém a velocidade baixa, deixando o freio-motor atuar.

Caso o seu carro não possua a opção da tração reduzida, utilize sempre uma marcha baixa capaz de fazer as vezes da reduzida. Se, no meio do trajeto, o carro derrapar, corrija com movimentos suaves no volante e com leves acelerações para retomar a tração nos pneus.

Outra dica importante para essas situações: mantenha sempre o carro em linha reta, jamais suba em ângulo.

6 – Inclinação lateral: desfrute com limites

Inclinar-se lateralmente faz parte da realidade off-road e, claro, é uma das manobras que asseguram adrenalina e emoção à prática trilheira.

No entanto, é fundamental entender que o carro possui um ângulo limite de inclinação, o qual está descrito no manual do proprietário. Caso este ângulo seja desrespeitado, o veículo pode tombar.

Se você achar que o carro está perto do ângulo limite, direcione as rodas para baixo e acelere para levar o veículo à posição normal. Essa manobra retornará o automóvel à posição de segurança.

7 – Aprenda a sair do atoleiro

De repente, as rodas começam a girar em falso, com o carro não se movendo mais nem para frente nem para trás. Esta situação é bastante comum em off-road e requer, antes de tudo, paciência do condutor.

Portanto, a primeira medida a se tomar após atolar é esta: pare! Não tente dar ré ou sair de primeira. Com a tração com o solo perdida, acelerar só contribuirá para afundar os pneus ainda mais no atoleiro.

O correto é descer do carro e fazer um calço para os pneus no sentido para onde eles devem girar. Se preferir, você pode molhar a areia para compactá-la, caso o solo seja arenoso. Pedras (sem ponta), galhos e pedaços de madeira também podem ser úteis.

Gostou das nossas sete dicas para uma pilotagem off-road segura e sem contratempos? Precisa de um 4x4 que segure o tranco dessas viagens?

Então visite a Soma Suzuki e conheça de perto todas as opções de fora de estrada que a concessionária possui.


SOMA SUZUKI
LOCALIZAÇÃO

Setor de Concessionárias, s/n, Lago Sul

Clique aqui para abrir no seu GPS


CONTATO:

(61) 2107-9990

WhatsApp

(61) 99810-6606


Fale conosco
Loading...